quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Escultura em papel


Hina Aoyama


Yulia Brodskaya


Maurizio Santucci


Nestes sites o papel transforma-se em coisas que nunca imaginámos antes.
A receita parece misteriosa, mas inclui de certeza doses infinitas de paciência
e mãos que não tremem.

Sem comentários:

Enviar um comentário